19/21 rue des Fossés Saint-Jacques
75005 PARIS (place de l’Estrapade)
À 20 m du Panthéon... Tél. : 01 43 36 34 37
Du lundi au samedi, 11-13h 14h-19h
(horaires souvent dilatés...)
Métros : Luxembourg, Cardinal Lemoine, Place Monge – Bus , 21, 27, 82, 84, 89
  •  
La Librairie, c'est aussi

O anjo branco

O anjo branco, par José Rodrigues dos Santos
Auteur : José Rodrigues dos Santos
Editeur : Gradiva
Nombre de pages : 680
Date de parution : 2010
Langue : Portugais
Prix : 35,00 €
ISBN : 9789896163907
Disponibilité : En stock En stock

A vida de José Branco mudou no dia em que entrou naquela aldeia perdida no coração de África e se deparou com o terrível segredo. O médico tinha ido viver na década de 1960 para Moçambique, onde, confrontado com inúmeros problemas sanitários, teve uma ideia revolucionária: criar o Serviço Médico Aéreo.
No seu pequeno avião, José cruza diariamente um vasto território para levar ajuda aos recantos mais longínquos da província. O seu trabalho depressa atrai as atenções e o médico que chega do céu vestido de branco transforma-se numa lenda no mato.

Chamam-lhe o Anjo Branco.
Mas a guerra colonial rebenta e um dia, no decurso de mais uma missão sanitária, José cruza-se com aquele que se vai tornar o mais aterrador segredo de Portugal no Ultramar.

Inspirado em factos reais e desfilando uma galeria de personagens digna de uma grande produção, O Anjo Branco afirma-se como o mais pujante romance jamais publicado sobre a Guerra Colonial – e, acima de tudo, sobre os últimos anos da presença portuguesa em África.

«Foi para mim uma surpreendente e gratificante revelação este belo, profundo e inteligente romance, que denuncia os crimes da PIDE e do exército colonial português em Moçambique. Para tal concorreu o facto de o pai de José Rodrigues dos Santos ter sido médico em Moçambique e vivido algumas das situações romanceadas em O Anjo Branco. O médido José Branco pilotava um avião e descia dos céus para socorrer criaturas em perigo, fosse qual fosse a cor da sua pele, soldados ou turras, seres humanos. E assim testemunhou o horror dos massacres de Wiriamu, viu os corpos calcinados e ainda salvou da morte uma mulher muito queimada e o filhinho que ela protegia. Chamado à PIDE e aconselhado a guardar sigilo, declara não abdicar do seu dever de dar ao mundo testemunho daquele crime horrível.
Lourenço Marques era uma meio pequeno.
O Anjo Branco já tratara de doenças graves aos próprios "pides". O chefe revela-lhe que até que a sua vida erótica era espionada, pois se tornara amante de uma médica rodesiana, que prestava informações à PIDE. A sua obstinação leva-o ao cárcere, mas não é torturado. Consegue mesmo assim, através de um oficial amigo que o visitou, enviar a sua confirmação da monstruosa chacina aos padres espanhóis que já andam na pista dos massacres. As suas reflexões sobre a vida e a morte, o bem e o mal são de uma grande riqueza e profundidade. Este livro denso e por vezes cruel, mas também com humor (vide a infância de José Branco e os seus atributos sexuais, a visita à Exposição do Mundo Português e a visão do Rossio, das foragidas ao nazismo, observadas pelos basbaques lusitanos).
José Rodrigues dos Santos afirma neste livro qualidades de grande escritor. A sua prosa, que desta vez não apresenta metáforas de mau gosto, é fluida e impressiva, com pequenas imperfeições, porventura devidas à paixão e rapidez com que decerto escreveu, mas são insignificâncias que uma boa revisão facilmente poderá limpar noutra edição. O essencial é a grande afirmação de talento e de honestidade, que aliás José Rodrigues dos Santos já tem evidenciado em diversas reportagens, até em teatros de guerra e em condições melindrosas.»
Urbano Tavares Rodrigues (leitur@gulbenkian, 2010)

José Rodrigues dos Santos nasceu em 1964 Moçambique. Jornalista, passou para a apresentação do Telejornal e tornou-se colaborador permanente desde 1993. Assinando best-sellers de modelo "danbrowniano" cada ano, constitui uma figura híbrida  entre o franceses "Patrick Poivre d’Arvor" e o "Paul-Lou Sulitzer" de outrora.

Conditions générales de vente, frais d'envoi et délais - Crédits
Librairie Portugaise - 19/21 rue des Fossés Saint-Jacques, Place de l’Estrapade, 75005 Paris
Tous les livres en portugais et en français sur le Portugal, le Brésil, l'Angola, le Cap Vert, la Guinée-Bissau,
le Mozambique, São Tomé & Principe et l'Histoire des Découvertes - librairie.portugaise@wanadoo.fr