19/21 rue des Fossés Saint-Jacques
75005 PARIS (place de l’Estrapade)
À 20 m du Panthéon... Tél. : 01 43 36 34 37
Du lundi au samedi, 11-13h 14h-19h
(horaires souvent dilatés...)
Métros : Luxembourg, Cardinal Lemoine, Place Monge – Bus , 21, 27, 82, 84, 89
  •  
La Librairie, c'est aussi

Canteiros de Saturno

Canteiros de Saturno, par Ana Maria Machado
Auteur : Ana Maria Machado
Editeur : Nova Fronteira
Nombre de pages : 320
Date de parution : 1998
Langue : Portugais
Prix : 8,00 €
ISBN : 978852090929
Disponibilité : En stock En stock

Exemplaire d'occasion

Canteiros de Saturno, de Ana Maria Machado, foi originalmente lançado em 1991 e oferece um rico relato sobre a relação a dois, em uma vida marcada por nascimentos, pelo amadurecimento e pela inevitável presença da morte. Com técnica apurada, a autora constrói uma história sobre amores, amizades e traições, narrada por múltiplos personagens.

Ao adotar como pano de fundo um momento crucial da recente história do Brasil – a transição do regime militar para a democracia e a crescente violência nas grandes cidades –, Ana Maria Machado descreve os dramas de casais diversos. Às voltas com os contratempos em seus casamentos e relações pessoais, além da constante tentação que paira em encontros fortuitos no dia-a-dia, eles vivem situações relacionadas à fugacidade do tempo e do amor.

Seus personagens, nem sempre de maneira consciente, estão à procura dos breves momentos de felicidade, sempre diante de impasses pessoais e profissionais. Entre eles, estão histórias atordoantes de traição, envolvimento político e dúvidas sobre o futuro de suas carreiras e amores. Personagens como Isadora, Leonardo, Bárbara e Mariana, entre outros, têm seus dramas relatados como em uma constante corrida contra Saturno – o deus romano do tempo e da criação, que dá nome ao romance.

Localizado no Rio de Janeiro da década de 1980 e com passagens situadas na Europa, o livro traz à tona um período conturbado na história do país, mas pouco abordado na literatura: a campanha pelas eleições diretas, a morte de Tancredo Neves, os trabalhos da Constituinte, a inflação desenfreada e o aumento da criminalidade e da violência urbana. Na medida em que os eventos se sucedem, os personagens percebem que o tempo parece escapar cada vez mais de seu controle.

Ana Maria Machado explora neste romance as variedades que a literatura oferece, a exemplo de seus demais livros. Ela renova a forma tradicional da escrita, buscando sempre alternativas estilísticas e inovadoras para contar uma história. Ao mesclar distintos gêneros narrativos em diversos trechos do romance, com referências a autores como Gabriel García Márquez, e ao narrar as angústias dos protagonistas em primeira pessoa, a autora constrói um romance multifacetado e rico em possibilidades.

Ana Maria Machado é uma das principais escritoras brasileiras, principalmente por sua obra voltada para o público infanto-juvenil. Com mais de 100 livros publicados no Brasil e em 17 países, já soma mais de sete milhões de exemplares vendidos.

Nasceu no bairro de Santa Teresa, no Rio de Janeiro, no dia 24 de dezembro de 1941. Iniciou a carreira no campo das artes plásticas, tendo estudado no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro e de Nova York. Afastou-se profissionalmente da pintura, passando a dar aulas em colégios e faculdades, traduzir textos e escrever artigos para a revista Realidade. Foi então perseguida pela ditadura, sendo presa e tendo também vários amigos detidos.

Partiu para o exílio na Europa, onde trabalhou no jornalismo da revista francesa Elle e na BBC de Londres. Tornou-se professora em Sorbonne e lá participou de um grupo de estudos cujo mestre era o teórico da literatura Roland Barthes, que a orientou em sua tese de doutorado. De volta ao Brasil na década de 70, publicou sob um pseudônimo o seu primeiro livro, História Meio ao Contrário, que ganhou o prêmio João de Barro. Na década de 80, abandonou definitivamente o jornalismo para se dedicar exclusivamente à literatura.

Tornou-se em 1994 hors-concours nos prêmios concedidos pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil. Em 2000, foi a vencedora do prêmio Hans Christian Andersen, considerado o Nobel da literatura infanto-juvenil; e, em 2001, ganhou pelo conjunto de sua obra o Prêmio Machado de Assis, o maior da literatura nacional, dado pela Academia Brasileira de Letras.

Conditions générales de vente, frais d'envoi et délais - Crédits
Librairie Portugaise - 19/21 rue des Fossés Saint-Jacques, Place de l’Estrapade, 75005 Paris
Tous les livres en portugais et en français sur le Portugal, le Brésil, l'Angola, le Cap Vert, la Guinée-Bissau,
le Mozambique, São Tomé & Principe et l'Histoire des Découvertes - librairie.portugaise@wanadoo.fr